O eu-lírico...
“Eu escrevo para nada e para ninguém. Se alguém me ler será por conta própria e auto-risco. Eu não faço literatura: eu apenas vivo ao correr do tempo. O resultado fatal de eu viver é o ato de escrever.”
6 notas △▽ compartilhe

A boca formosa que cria desejo
O homem inconsequente que não a tem
Com seus delírios se mantém
Sonhando com o inesquecível beijo

Moça majestosa que trouxe inspiração
Ao poeta que não queria escrever
Não havia por que viver
Até que ela cativou seu coração

Tens o primeiro e último verso
De um poesia incompreendida
Em um mundo sem sentimentos

Hoje a literatura é mais bonita
Por saber que a preciosa menina
Foi a cura de seu sofrimento

▬ Versos para minha preciosa, Lira A.
76 notas △▽ compartilhe
Eu escrevi um poema triste
E belo, apenas da sua tristeza.
Não vem de ti essa tristeza
Mas das mudanças do Tempo,
Que ora nos traz esperanças
Ora nos dá incerteza…
Nem importa, ao velho Tempo,
Que sejas fiel ou infiel…
Eu fico, junto à correnteza,
Olhando as horas tão breves…
E das cartas que me escreves
Faço barcos de papel!
Mário Quintana 
40 notas △▽ compartilhe
Hoje sou a poesia corrompida,
em puro estado de decomposição.
A poesia que morre a cada despedida.
A poesia que sofre a cada recaída.
A poesia que se esconde nos meus pudores.
A poesia que se cala para as dificuldades da vida.
A poesia que se limita, que imita algum poeta.
A poesia que nem merece por esse nome ser chamada.
Sou a poesia manchada, pela pretensão de sê-la?
Que eu seja poesia manchada então,
Não sei ser a falsa modéstia.
Mas, que eu seja melhor a cada dia,
Para que eu seja poesia limpa.
Que meus versos transcendam minha matéria podre,
Pois sou carne, pó da terra.
Que eles brilhem apenas pela mensagem que levam,
Té que de tanto brilhar, explodam
e retornem ao pó,
Pó de estrela.
NAVE POÉTICA 
0 notas △▽ compartilhe
ql teu face?

   Anônimo:

vem logado[a], não curto compartilhar passar assim não, meu anjo.[]


0 notas △▽ compartilhe
posta uma foto tua?

   Anônimo:

estou na faculdade, aqui o face é bloqueado .

Nem dá, mas se mandar uma ask logado[a] eu te mando em privado,ok. rs


59 notas △▽ compartilhe

Sinestesia,
Olhar ferido,
Se anestesia,
E finge ter alivio,
Mas ali, viu o olhar,
Mais que uma figura,
Apática, de linguagem.
NAVE POÉTICA.

27 notas △▽ compartilhe

velhocaos:

é como se uma flor nascesse da sua boca.

1.463 notas △▽ compartilhe
Poesia é voar fora da asa.
Manoel de Barros.
2.037 notas △▽ compartilhe
E no meio das
nossas discussões
Eu sei que tem amor
de ambos os lados.
Amor exagerado, Kaique Luna. 
3.035 notas △▽ compartilhe
Mas, quanto a você,
ele encherá de riso a sua boca
e de brados de alegria os seus lábios.
▬ Jó 8:21 
55.335 notas △▽ compartilhe

Juro que não me importaria se você me acordasse as 3:00 da manhã com um sms, dizendo que não consegue dormir porque está pensando em mim.

1.044 notas △▽ compartilhe
A gente precisa se manter em movimento, senão a vida nos engole.
▬ Nuage de rêves.
3.355 notas △▽ compartilhe
Ainda que mal pergunte,
ainda que mal respondas;
ainda que mal te entenda,
ainda que mal repitas;
ainda que mal insista,
ainda que mal desculpes;
ainda que mal me exprima,
ainda que mal me julgues;
ainda que mal me mostre,
ainda que mal me vejas;
ainda que mal te encare,
ainda que mal te furtes;
ainda que mal te siga,
ainda que mal te voltes;
ainda que mal te ame,
ainda que mal o saibas;
ainda que mal te agarre,
ainda que mal te mates;
ainda assim te pergunto
e me queimando em teu seio,
me salvo e me dano: amor.
Carlos Drummond de Andrade.
1.789 notas △▽ compartilhe
É tão ruim, te ver e não poder tocar.
Onze:20 
291 notas △▽ compartilhe
O amor
só cicatriza
quando quem
o sente
não escreve
poesia.
Bruno Lima.